Queda de ultraleve mata uma pessoa no RS

A queda de um ultraleve matou o músico Clinton Ruppenthal, de 38 anos, e deixou o instrutor de vôo Marco Antônio Santos, de 29 anos, gravemente ferido hoje em Venâncio Aires, a 125 quilômetros de Porto Alegre. Testemunhas disseram que o aparelho levantou vôo da pista do aeroclube municipal e caiu de bico no chão depois de atingir uma altura de cerca de 20 metros. Os bombeiros suspeitam que o acidente tenha sido provocado pela quebra de uma barra de sustentação da asa. Ruppenthal estava aprendendo a pilotar ultraleves havia três meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.