Quero tomate que tenha o direto de apodrecer

Por que haveríamos de querer um tomate Highlander, com o dom da vida "eterna", que fosse tão firme a ponto de não apodrecer facilmente, de durar semanas? Pois esse isopor travestido de tomate, híbrido com genes "melhorados" para retardar a maturação, se disseminou feito erva daninha e ocupa 75% do mercado.

Janaina Fidalgo,

28 Outubro 2010 | 09h41

O mais conhecido atende pelo nefasto nome de carmen, disfarce para o termo "longa-vida". Quando o vir, faça o sinal da cruz e fuja, porque ele quase não guarda traços do que um dia já foi.

É incapaz de se desfazer quando submetido a temperatura. E, pior, é insípido. Não há flor de sal ou azeite capaz de tirá-lo do limbo dos tomates-sem-gosto. O professor Paulo César Tavares de Melo explica que os mesmos genes que o fazem ser longa-vida interferem negativamente no sabor e no aroma.

Quero tomates colhidos maduros, com polpa carnuda e macia, no mais perfeito estágio de maturação, com doçura e certa acidez. Que tenham o direito de durar três, quatro dias, quando muito, porque provavelmente vão ser comidos antes. Que apodreçam e morram no tempo deles, não no tempo determinado pela indústria, que diz "melhorar" as sementes, para que o fruto resista aos sacolejos entre o campo e a mesa. Se há um interesse atendido nessa história, não é o nosso, de consumidor, e sim o de quem quer tomates íntegros nas gôndolas dos hipermercados pelo máximo tempo possível. Os compradores? Que comam tomates de isopor.

Mas quem pode comprá-lo fresco uma vez por semana, não tem porque consumir um que resiste feito plástico. O melhor é a gente se adaptar ao tempo do fruto, não ele ao nosso. Tomate longa-vida? Vade retrum, Highlander!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(1) Caqui - Grande, com muitos gomos, macio e firme ao mesmo tempo. De cor vermelho-intensa, é ideal para comer ao natural, em fatias. Prove com mussarela de búfala, anchova e azeite.

(2) Momotaro - A produção limitada torna este tomate de origem japonesa um dos mais caros do mercado. Rosado e de sabor adocicado, é prórpio para salada. Fica bom até puro, sem tempero.

(3) Débora - Facilmente encontrado nas feiras e mercados, é um dos melhores tomares para fazer molho. Quando maduro fica bem vermelho, com bastante polpa e pouca acidez.

(4) Italiano - Alongado, carnudo, firme e saboroso. Pode ser usado em salada e, quando maduro, é excelente para fazer tomare seco e molho.

(5) Carmem - Indicado para salada, ele é firme, redondo-achatado e de cor vermelha-amarelada. Chega a durar até 20 dias, mas seu sabor deixa muito a desejar.

(6) Holandês - O fruto é vendido em cachos exatamente como é colhido no tomateiro. Tem baixa acidez e alto teor de açucar. Pode ser consumido cru, assado ou em molhos.

(7) Cereja - Este mini-tomate é adocicado, tem sabor acentuado e muita água. Perfeito para saladas, aperitivos, canapés, finalizações de molhos e decorações de pratos. Explode na boca.

(8) Sweet grape - Também chamado de uva, por seu formato alongado, o grape é o tomatinho da vez. Com alto teor de açucar, ele é uma delícia cru, em saladas ou como acompanhamento.

(9) Pera - Mais um mini-tomate levemente ácido e doce. Rende aperitivos, saladas, lanches e molhos de preparo rápido, com azeite extra-virgem, flor de sal e ervas frescas.

 

 

Veja também:

linkNão pise no tomate

linkPirulito, pink e chocolate

linkTomate elevado à quarta potência: drinque, entrada, prato e sobremesa

linkSan marzano: este italiano tem a fama de ser o melhor do mundo

blog Acompanhe o blog do Paladar

 

Leia mais:

linkPelo Vale, com os discípulos de Petrini

linkVai a Londres? Coma num pop-up

linkBolotas de ricota, mais leves e fáceis

linkNão é Roma. É o Itaim-Bibi

linkCarbonara, o molho dos rapazes do general

linkGrelhado na mesa sem fumaça no salão

linkOs pratos de dona Lonka Lucki vão ficar na memória dos paulistanos

linkGiverny fica na serra fluminense ? mas só até o fim de novembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.