R$ 17,5 milhões contra queimadas e desmatamentos

Os recursos serão destinados pelo Ministério do Meio Ambiente a projetos de agricultura familiar e de utilização da propriedade rural para o aumento de áreas de florestas nos Estados do Pará, Mato Grosso, Rondônia e Roraima. Os projetos devem propor estratégias claras de alternativas ao desmatamento e às queimadas, envolvendo prioritariamente o pequeno produtor rural organizado em associações, sindicatos, cooperativas, e ONGs. O teto de financiamento para as duas primeiras linhas será de R$ 300 mil por projeto, com prazo de execução de três anos. Na terceira linha, voltada para ONGs, o limite é de R$ 50 mil, com prazo de execução entre seis meses e um ano. Mais informações http://www.mma.gov.br

Agencia Estado,

20 de abril de 2004 | 17h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.