Rachadura em oleoduto provoca derramamento de petróleo na Rússia

Uma rachadura no oleoduto Druzhba provocou um derramamento de petróleo na região de Briansk, no oeste da Rússia, o que pode significar um "risco de catástrofe ecológica" na área, segundo o Ministério de Recursos Naturais da Rússia.Um porta-voz do ministério disse à agência oficial russa "Itar-Tass" que a superfície contaminada é de aproximadamente dez quilômetros quadrados.No entanto, o diretor-geral do oleoduto, Mikhail Sayanin, assegurou que a extensão do derramamento é muito menor e afeta uma superfície de apenas 350 metros quadrados. Segundo Sayanin, o volume total do petróleo derramado chega a 50 metros cúbicos."O petróleo não chegou à água, por isso não há perigo para a população", informou o diretor-geral do oleoduto Druzhba, um dos que a Rússia usa para exportar petróleo à Europa ocidental.De acordo com o executivo, o derramamento de petróleo, que aconteceu cerca de 25 quilômetros da fronteira com Belarus, foi causado pela ruptura de um encanamento.O ministério anunciou que enviará uma comissão ao local para verificar o alcance do dano causado ao meio ambiente.

Agencia Estado,

31 de julho de 2006 | 10h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.