Radialista é preso em Salvador acusado de extorsão

O radialista Ivan Carlos de Oliveira Silva foi preso em flagrante, na noite de ontem, no shopping Aeroclube, na orla de Salvador, ao tentar extorquir o empresário Diogo Medrado, diretor da Rádio Nova Salvador FM e filho do deputado Marcos Medrado (PDT-BA).

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 15h54

Segundo informações da Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes, responsável pelas investigações, o radialista, que havia sido demitido da emissora no fim do ano passado, exigia da direção da empresa R$ 150 mil, mais um carro avaliado em R$ 70 mil, para não divulgar críticas de outros radialistas à estação, gravadas sem a autorização dos interlocutores.

O empresário, que avisou a polícia sobre o crime, marcou o local para entregar os valores na noite de ontem e a polícia efetuou a prisão. Silva alega que estava apenas cobrando uma dívida trabalhista por parte da emissora, mas a polícia afirma ter acessado mensagens eletrônicas enviadas pelo radialista que comprovariam a tese de extorsão.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãoradialistaBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.