Raspadinha virtual começa a funcionar no Rio

A "raspadinha virtual" começa a funcionar amanhã, em fase de teste, e entra no ar em 1º de janeiro. Por meio do site www.raspaja.com.br, será possível concorrer a prêmios em dinheiro e automóveis zero quilômetro em todo o País. Se o ganhador do carro morar fora do Rio, vai receber também uma passagem de avião e hospedagem para passar um fim de semana na cidade, segundo o presidente da Loterj, Daniel Homem de Carvalho. "O Rio é o primeiro Estado a lançar a raspadinha virtual, somos pioneiros", disse ele.Amanhã, começa a fase de cadastramento e teste, que deverá durar duas semanas. Todos que acessarem o site e enviarem as informações necessárias, como o número do CPF, receberão, gratuitamente, uma raspadinha por e-mail. A partir de janeiro, segundo Carvalho, começa a operação normal. O pagamento da raspadinha (R$ 1,00, cada) poderá ser feito por cartão de crédito, boleto bancário ou dinheiro eletrônico (cartões que serão vendidos em bancos). "Temos uma auditoria permanente, a segurança é absoluta", diz Carvalho.Atualmente, a Loterj tem 1.500 postos de venda de raspadinhas. Segundo o presidente, são arrecadados R$ 6,5 milhões por mês. ?Com o serviço pela Internet, esperamos um incremento de 20% na arrecadação, porque teremos pessoas de todo o País comprando",acredita. Carvalho afirma que a cada 1 milhão de bilhetes, quatro são premiados com carros ? há também prêmios nos valores de R$ 1,00, R$ 10,00 e R$ 100,00. Ainda segundo ele, para cada R$ 1,00 arrecadado, R$ 0,50 são distribuídos em prêmios. A Loterj vai lançar este mês raspadinhas premiadas com computadores e motos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.