Rebeldes anunciam acordo de cessar-fogo na República Centro-Africana

O governo e os rebeldes da República Centro-Africana selaram um acordo para um cessar-fogo temporário, disseram nesta quinta-feira à Reuters duas fontes rebeldes familiarizadas com as negociações.

Reuters

10 de janeiro de 2013 | 18h01

Uma das fontes, presente nas negociações ocorridas em Libreville, capital do Gabão, disse que o presidente centro-africano, François Bozize, proporá um governo de unidade nacional com a coalizão rebelde Seleka.

"O principal do cessar-fogo foi concordado, e as partes vão assiná-lo em breve", disse a fonte sob anonimato.

Não ficou imediatamente claro se os rebeldes vão aceitar a proposta do governo de unidade. Antes, eles insistiam na renúncia de Bozize como pré-condição para a paz, e que o presidente, que chegou ao poder num golpe em 2003, fosse julgado pelo Tribunal Penal Internacional.

A rebelião começou há um mês e já se aproximou de Bangui, a capital.

(Reportagem de Jean Rovys Dabana)

Mais conteúdo sobre:
RCAACORDOCESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.