Rebeldes sírios tomam cidades perto de limite com Israel

Rebeldes sírios tomaram nas últimas 24 horas várias cidades próximas às colinas do Golã (território sírio ocupado por Israel), disseram rebeldes e um grupo de monitoramento nesta quinta-feira, alimentando as tensões em uma sensível zona militar.

Reuters

21 de março de 2013 | 09h29

"Estamos atacando posições governamentais à medida que o Exército tem bombardeado civis, e planejamos tomar mais cidades", disse Abu Essam Taseel, porta-voz da brigada rebelde Mártires de Yarmouk, que opera na área.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos, que compila relatos de observadores no país, disse que na quarta-feira à noite os rebeldes capturaram a localidade de Khan Arnabeh, que fica sobre a linha de cessar-fogo entre as forças israelenses e palestinas, e junto a uma rodovia que leva ao território controlado por Israel desde 1967.

A entidade disse também que os rebeldes conquistaram Mashati al Khadar e Seritan Lahawan, duas aldeias próximas à linha do cessar-fogo.

As forças da ONU que monitoram a linha suspenderam suas patrulhas neste mês, depois que 21 observadores filipinos passaram três dias como reféns dos rebeldes.

(Reportagem de Oliver Holmes, em Beirute, e Suleiman al-Khalidi, em Amã)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAGUERRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.