Rebelião termina com 3 mortos e 21 feridos no Recife

Três detentos morreram e 21 ficaram feridos durante um motim no Presídio Aníbal Bruno, no Recife. Segundo a Secretaria Executiva de Ressocialização, a rebelião começou na noite de ontem com uma briga entre grupos rivais. Nenhum funcionário ou policial ficou ferido. Durante a briga, um galpão do presídio foi incendiado. O tumulto foi controlado por volta das 3 horas de hoje.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

14 de maio de 2010 | 08h42

Durante a madrugada, 33 detentos envolvidos no motim foram transferidos, de acordo com a secretaria. O tumulto foi controlado depois de cerca de cinco horas. Cerca de 180 policiais participaram da ação. O presídio tem capacidade para 1,4 mil detentos, mas abriga 3,6 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.