Rebelião termina com jovens e funcionários feridos

Jovens internos da Fundação Casa de Guaianazes, na zona leste da Capital, rebelaram-se hoje durante 40 minutos. A revolta teve início por 47 jovens que estão internados na unidade. Policiais entraram na Fundação para conter a rebelião. De acordo com a assessoria da Fundação, um funcionário e sete adolescentes ficaram feridos. Segundo Júlio Alves, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança, ao Adolescente e a Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), quatro funcionários se machucaram.

PEDRO DA ROCHA, Agência Estado

24 de dezembro de 2010 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.