Receita apreende 627 kg de cocaína, a maior de SC

A Receita Federal do Brasil realizou na quarta-feira a maior apreensão de cocaína já registrada no Estado de Santa Catarina. A informação, divulgada hoje pelo órgão, é que um total de 627 quilos de cocaína pura foi recolhido, avaliado em R$ 50 milhões, no Porto de Imbituba. De acordo com a Receita, a droga estava escondida no compartimento de um contêiner proveniente do Equador, cuja carga declarada estava descrita como "óleo de palma refinado líquido". A investigação teve início com elaboração de dossiê de pesquisa fiscal. As operações de comércio exterior de responsabilidade da empresa investigada desde dezembro de 2006 eram comumente caracterizadas como importação de "óleo de palma", com procedência do Equador e destinadas a Imbituba, e exportações de "parafina líquida", daquele município com destino à Bélgica. Tais dados, aliados à origem e ao destino das cargas supostamente comercializadas, configuraram-se, então, como indícios de tráfico internacional de entorpecentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.