Receita da AMD recua por fraqueza em China e Europa

A fabricante de chips Advanced Micro Devices projetou que a receita do terceiro trimestre fique abaixo das expectativas, em meio aos desafios da economia global mais fraca, vendas mornas de computadores pessoais e implacável pressão da fabricante de chips Intel.

Reuters

19 de julho de 2012 | 18h22

Como outras empresas na indústria de computadores pessoais, a AMD tem sido afetada pela turbulência na economia global e pelo aumento da preferência de consumidores por tablets e smartphones, mas analistas também acreditam que a companhia pode estar perdendo mercado para processadores fabricados pelas rivais Intel e Nvidia.

A AMD registrou receita de 1,41 bilhão de dólares no segundo trimestre, contra 1,57 bilhão um ano antes. O lucro líquido ficou em 37 milhões de dólares, ou 0,05 dólar por ação, abaixo do ganho de 61 milhões, ou 0,08 dólar por papel, um ano antes.

Analistas estimavam receita de 1,5 bilhão de dólares, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.

(Reportagem de Noel Randewich)

Tudo o que sabemos sobre:
TECHAMDRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.