Recomposição de estoques na China faz mercado de minério reagir

Os preços do minério de ferro no mercado à vista registraram nesta segunda-feira a primeira alta diária em mais de 3 semanas, refletindo a expectativa de que as siderúrgicas chinesas começarão a reconstruir os estoques em breve.

REUTERS

31 Outubro 2011 | 17h41

Mas ainda há preocupações sobre uma alta de estoques nos portos chineses, segundo analistas.

O minério com 62 por cento de teor de ferro subiu 1,3 por cento, para 118,40 dólares por tonelada na segunda-feira, de acordo com o The Steel Index.

A última alta diária havia sido registrada em 7 de outubro, e desde então os preços caíram cerca de 30 por cento.

"Hoje nós vimos uma pequena mudança no sentimento na Europa e um cenário mais positivo do mercado de vergalhão de Xangai", disse Roddy Mann, um trader de minério de ferro da Metalloyd.

"Os preços do aço começaram a se estabilizar e a liberação de estoques continua, eu espero que os preços do minério de ferro se recuperem nas próximas semanas, com as usinas recompondo os estoques."

Alguns traders, entretanto, continuam cautelosos e dizem que as preocupações persistem em relação aos altos níveis de estoques nos portos da China.

Os contratos de "swaps" de minério de ferro registraram alta, com janeiro e fevereiro regitrando as maiores altas, indicando que os investidores estão apostando que os preços podem ficar mais altos no primeiro trimestre do próximo ano, ante novembro e dezembro deste ano.

"O mercado de papel está antecipando que nós estamos perto do piso", disse John Wright, chefe da corretora GFI, de Londres."Parece que os compradores chineses estão voltando ao mercado."

(Por Silvia Antonioli)

Mais conteúdo sobre:
MINERACAOPRECOSOBE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.