''Reconciliação com raízes africanas é boa para o Brasil''

Para o representante da Unesco no Brasil, Vincent Defourny, a reconciliação do País com suas "origens africanas" é fundamental para um "salto no desenvolvimento" econômico e social. O belga, de 50 anos, define a publicação da História Geral da África em português como sua "menina dos olhos". A primeira edição terá 8 mil exemplares e parte deles será enviado para países africanos de língua portuguesa.

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2010 | 00h00

Ele conta que "a coleção descreve a invenção e difusão de tecnologias, a circulação de saberes, histórias específicas de vários povos e a formação contínua das comunidades étnico-culturais" do continente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.