Rede alertará países em desenvolvimento para catástrofes

Um novo sistema de informações baseado em satélites deverá permitir a disseminação rápida de dados sobre meio ambiente e saúde pelo mundo, para que países em desenvolvimento possam antecipar-se a catástrofes como secas, enchentes e tempestades, por um custo de instalação de US$ 1,5 mil.O sistema, chamado GEONETCast, será apresentado nesta terça-feira, 28, durante uma conferência em Bonn, na Alemanha. Pretende-se que ele permita que os governos das nações mais pobres tenham acesso a dados gerados por sofisticados satélites e estações meteorológicas, na maioria administrados pelos países mais ricos.O sistema permite que as informações sejam adquiridas sem grande gasto, com uso de uma antena parabólica e software amplamente disponível, o que mantém o custo de instalação num nível mínimo. Espera-se que comece a operar em 2007.O uso de satélites permitirá que o sistema atinja áreas sem acesso fácil à internet, embora um portal online venha a fazer parte da instalação para uso em países onde o acesso à web seja simples.

Agencia Estado,

27 de novembro de 2006 | 18h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.