Reféns escapam de cerco na Argélia; militantes exigem passagem segura

Quinze reféns estrangeiros escaparam de um cativeiro no deserto em uma instalação de exploração de gás na Argélia, informou o canal argelino Ennahar, nesta quinta-feira.

Reuters

17 de janeiro de 2013 | 09h24

Um fonte da segurança argelina disse que os militantes armados, que invadiram o complexo de gás na quarta-feira, estavam exigindo uma passagem segura para sair com os reféns.

Os militantes dizem que sequestraram 41 estrangeiros, além de diversos argelinos.

O canal Ennahar afirmou que 40 argelinos haviam sido libertados, principalmente mulheres que trabalhavam como tradutoras.

Mais conteúdo sobre:
ARGELIAREFENSFOGEMDESERTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.