Região do RJ faz simulado de preparação para desastres

Após nove meses da tragédia na Região Serrana do Rio de Janeiro que causou a morte de mais de 500 pessoas, o Ministério da Integração Nacional realizou hoje simulados de preparação para desastres nas cidades de Nova Friburgo e Petrópolis, as mais atingidas pelas enchentes de janeiro. As informações são da Agência Brasil.

EQUIPE AE, Agência Estado

15 Outubro 2011 | 15h38

O evento faz parte da programação da Semana Nacional de Redução de Desastres e conta com o apoio logístico e técnico das coordenadorias estaduais e municipais de Defesa Civil do Rio de Janeiro. O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, explicou que a ação ajuda a preparar a população em situações de risco de desastres e as coordenadorias estaduais e municipais em caso de enchentes.

"O segundo efeito dos simulados é que você identifica lideranças nas áreas de riscos para que elas interajam com os sistemas do município, do Estado e do governo federal. Uma liderança que vive em área de risco pode nos alertar antes mesmo que o sistema detecte e, sobretudo, alertar a população da qual faz parte", disse.

O secretário falou que os simulados também contribuem para uma mudança de cultura da população no longo prazo, conscientizando-as de que a melhor prevenção é a de não construir casas em áreas de risco.

Mais conteúdo sobre:
ambiente desastre simulado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.