Regulador espanhol investiga compra do Canal+ pela Telefónica

O regulador da concorrência na Espanha, CNMC, disse nesta quinta-feira que abriu uma investigação sobre a aquisição da empresa de TV paga Distribuidora de Television (DTS), do grupo Prisa, pela Telefónica.

REUTERS

13 Novembro 2014 | 17h36

Em maio, o grupo Prisa concordou em vender 56 por cento da DTS, conhecida como Canal+ na Espanha, para a Telefónica, em um acordo que daria à operadora total controle sobre o grupo de TV.

"O acordo entre Telefónica/DTS poderá reduzir significativamente a competição nos mercados relacionados à TV paga, conteúdo audiovisual e serviços de comunicações eletrônicas", disse a CNMC em comunicado.

Mais conteúdo sobre:
TELECOMMIDIATELEFNICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.