Regulador vê condições para compra da Metroweb pela Telecom Italia

A planejada aquisição da operadora de rede de fibra óptica Metroweb pela Telecom Italia será possível sob condições muito estritas, disse nesta terça-feira o presidente do regulador italiano AGCM, Giovanni Pitruzzella.

REUTERS

25 Novembro 2014 | 20h12

A ex-estatal, que detém a maior parte da infraestrutura de telecomunicações da Itália, disse na semana passada que enviou uma proposta para comprar o controle da Metroweb, enquanto busca ampliar investimentos em redes rápidas.

"Tal iniciativa seria alvo de uma avaliação particularmente séria", disse Pitruzzella em conferência em Roma.

Ele não detalhou que tipo de medidas poderiam ser impostas, apesar de nem o AGCM nem o regulador de telecomunicações AGCOM estarem analisando o caso.

Um porta-voz do fundo de infraestrutura F2i, que detém a fatia de controle da Metroweb, disse na semana passada que alguns investidores expressaram interesse na empresa, mas não houve nenhum procedimento formal de venda.

No início de novembro, o presidente-executivo da Vodafone, Vittorio Colao, sinalizou interesse na Metroweb, avaliada por alguns analistas em 400 milhões de euros (500 milhões de dólares).

(Por Alberto Sisto, texto de Danilo Masoni)

((Tradução Redação Rio de Janeiro, 55 21 2223 7155))

Mais conteúdo sobre:
TELECOM ITA METROWEB COMPRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.