Reino Unido prende 3 acusados de envio de lixo ao Brasil

Três homens foram presos hoje no Reino Unido como desdobramento das investigações sobre o envio de contêineres de lixo para o Brasil. A operação foi realizada pela Agência de Meio Ambiente britânica e a polícia de Wiltshire, em Swindon, região onde supostamente estão as empresas apontadas como responsáveis pela transação.

DANIELA MILANESE, Agencia Estado

23 Julho 2009 | 12h47

Não foram divulgados os nomes das pessoas presas - com idades de 49, 28 e 24 anos. Em comunicado, a agência afirmou que trabalha com as autoridades brasileiras para investigar as origens dos 99 contêineres de lixos exportados para o Brasil.

As transportadoras dos contêineres concordaram em levar a carga de volta ao Reino Unido, arcando com o custo do percurso. Conforme a entidade britânica, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) divulgou que pelo menos dois contêineres tinham uma mistura de lixo doméstico e de uso médico, como seringas e camisinhas. "A Agência de Meio Ambiente não pode confirmar isso neste estágio (da investigação)", informou a nota.

Mais conteúdo sobre:
lixo inglês Reino Unido Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.