Reino Unido processará Coulson sobre contatos da família real

Promotores públicos britânicos afirmaram nesta terça-feira que vão processar o ex-chefe de mídia do primeiro-ministro David Cameron, Andy Coulson, por conspiração de pagar autoridades públicas para conseguir detalhes de contatos dos membros da família real.

Reuters

20 de novembro de 2012 | 11h20

As acusações originam-se de uma ampla investigação sobre a imprensa britânica iniciada por revelações de que jornalistas do antigo tablóide News of the World de Rupert Murdoch grampeou ligações para conseguir histórias obscenas.

Coulson foi editor do News of the World de 2003 a 2007 antes de assumir o cargo de porta-voz de Cameron de 2007 a 2011. As acusações devem tornar ainda mais difíceis as perguntas a Cameron sobre sua decisão em contratar Coulson.

Outra amiga de Cameron, a ex-chefe do jornal de Murdoch Rebekah Brooks também será acusada por conspiração de fazer pagamentos a autoridades públicas, segundo informações divulgadas nesta terça-feira.

"Nós concluímos, depois de uma avaliação cuidadosa das evidências, que Clive Goodman e Andy Coulson devem ser acusados por duas conspirações", afirmou Alison Levitt, da Diretoria de Promotores Públicos, referindo-se ao ex-repórter real Goodman.

"As alegações levam a pedidos e autorização de pagamentos a autoridades públicas em troca de informações, incluindo uma lista de telefones do Palácio conhecido como 'Livro Verde', contendo detalhes da Família Real e membros da família."

(Reportagem de Kate Holton)

Tudo o que sabemos sobre:
RUPROCESSACOULSONLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.