Reino Unido promete mais autonomia à Escócia caso rejeite independência

O governo britânico, em uma tentativa de aliviar a mudança nas pesquisas de opinião antes da votação sobre a independência da Escócia, este mês, está disposto a dar poderes para Edimburgo se os seus cidadãos optarem por permanecer no Reino Unido.

REUTERS

07 Setembro 2014 | 09h10

O ministro das Finanças da Grã-Bretanha, George Osborne, disse neste domingo que nos próximos dias apresentará planos que oferecerão maior autonomia à Escócia em impostos, custos e benefícios sociais caso os escoceses votem contra o referendo histórico em 18 de setembro.

Os comentários de Osborne foram feitos após a publicação de uma pesquisa realizada pela YouGov para o Sunday Times afirmando que os separatistas obtiveram vantagem pela primeira vez desde o início da campanha.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

Mais conteúdo sobre:
REINOUNIDOESCOCIAREFERENDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.