Relatório com causas do acidente no PR sai em 30 dias

Devem ser reiniciadas amanhã, pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), as investigações sobre a queda do biplano Christen Eagle, que provocou a morte do piloto Fábio Luiz de Almeida, ontem à tarde, durante o 6º Festival do Aeroclube do Paraná, que era realizado próximo ao Aeroporto do Bacacheri, na capital, Curitiba. O relatório que apontará as possíveis causas da queda deve estar pronto em 30 dias. Devido ao acidente, a programação do evento foi suspensa.

JULIO CESAR LIMA, Agência Estado

02 de outubro de 2011 | 17h46

Segundo contaram testemunhas, no momento do acidente o piloto, conhecido como comandante Ratão, tentava uma manobra de looping. Os fortes ventos que sopravam no momento em que o piloto fazia as manobras podem ter contribuído para o acidente. O modelo Christen Eagle é de fabricação norte-americana e estava sendo usado pela terceira vez por Fábio Luiz, proprietário da aeronave, informou um dos funcionários do clube.

Mais conteúdo sobre:
acidenteaeronaveParaná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.