Renault quer elevar a participação no Brasil para 7% em 2013

A montadora francesa Renault pretende elevar a sua participação no mercado brasileiro até o final de 2013 para 7 por cento, ante 6,6 por cento em 2012, disse nesta sexta-feira o presidente executivo mundial da empresa, Carlos Ghosn, em entrevista coletiva.

Reuters

23 de novembro de 2012 | 21h05

O executivo avalia que o mercado brasileiro automobilístico crescerá apenas 2 por cento no próximo ano -- metade do crescimento esperado para a economia brasileira--, e que a Renault deve crescer no mesmo ritmo no país.

Segundo Ghosn, a empresa quer fechar 2012 com um crescimento no Brasil de 25 por cento -- acima da expectativa inicial para o ano, de crescimento de 15 por cento, e também acima do crescimento do mercado brasileiro de 5 por cento.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTORENAULTINVESTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.