Representante da UE se diz otimista com a Grécia

A Grécia está melhorando a forma de monitorar suas finanças, disse um representante da uma força-tarefa da Comissão Europeia, que acrescentou, porém, que o sistema bancário grego continua em dificuldades.

REUTERS

24 Março 2012 | 16h54

"Estou otimista como nunca antes", declarou Horst Reichenbach, a um jornal austríaco, em texto publicado neste sábado. Reichenbach lidera a força-tarefa da Comissão Europeia que ajuda na reconstrução da economia grega.

"A parte do Ministério das Finanças responsável pelas pensões melhorou muito", disse ele.

O representante europeu afirmou que continua um desafio auditar os impostos pagos pelas empresas gregas e pela faixa da população mais rica.

Reichenbach se mostrou menos otimista em relação aos bancos. "Os problemas financeiros dos bancos gregos são uma grande dificuldade. Os bancos precisam ser recapitalizados para que a economia possa prosperar."

A força-tarefa europeia conta com 50 especialistas. Ela aconselha ministros sobre as medidas necessárias para aumentar a competitividade do país, melhorar a arrecadação e reformar o setor público.

(Reportagem de Christoph Steitz)

Mais conteúdo sobre:
GRECIAUECONTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.