Resolução teria sido tomada em viagem

A renúncia de Bento XVI foi decidida durante a visita ao México e a Cuba, de 23 a 29 de março de 2012, quando o papa apareceu pela primeira vez apoiado em uma bengala, o que levantou dúvidas sobre a saúde, segundo

O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2013 | 02h03

Giovanni Maria Vian, diretor do L'Osservatore Romano, o jornal oficial do Vaticano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.