Restaurante da zona sul do Rio sofre arrastão

Estabelecimento, que fica na Lagoa, pertence ao chef francês Claude Troisgros e já tinha sido alvo de bandidos em agosto

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 20h44

Uma quadrilha fez um arrastão, na tarde de terça-feira, 24, no restaurante CT Trattorie, que pertence ao chef francês Claude Troisgros. O restaurante fica na Lagoa, bairro nobre da zona sul do Rio.

Os ladrões entraram no estabelecimento por volta das 16 horas, quando havia seis clientes nas mesas. Armados com pistolas, eles renderam os clientes e os funcionários, recolhendo pertences de todos.

A ação durou poucos minutos. A quantidade de assaltantes não havia sido divulgada pela Polícia Civil até o final da noite. O prejuízo do restaurante e dos clientes não havia sido calculado até o início da noite, segundo a polícia.

Outra vez. Esse foi o segundo assalto ao CT Trattorie em menos de um mês. O primeiro havia ocorrido no último dia 30 de agosto, mas durante a madrugada, quando ladrões renderam lixeiros que recolhiam detritos do estabelecimento. Na ocasião, não havia clientes na casa.

O CT Trattorie anunciou que está providenciando a contratação de seguranças particulares. Segundo a assessoria de imprensa do restaurante, outros estabelecimentos da mesma região também foram alvo de assaltos recentemente.

Inaugurado em abril de 2012, o restaurante especializado em comida italiana é um projeto de Claude Troisgros - um dos chefs mais famosos que atuam no Brasil - com seus filhos Carolina e Thomas.

Mais conteúdo sobre:
arrastãorestauranteRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.