Restaurante no Rio não era autorizado a usar botijões

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou hoje que o restaurante no centro da cidade, que explodiu pela manhã, não tinha autorização para usar botijões de gás. Segundo a corporação, o edifício não tinha condições de segurança para abrigar este tipo de material.

BRUNO BOGHOSSIAN, Agência Estado

13 de outubro de 2011 | 12h42

Até o fim da manhã foram retirados três botijões do restaurante. Os bombeiros ainda procuram uma série de botijões interligados que abasteciam o restaurante.

A explosão no estabelecimento provocou a morte de três pessoas e deixou 17 feridas. Os dois prédios afetados estão interditados e permanecerão assim até uma análise final dos técnicos da Defesa Civil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.