Retomada busca por desaparecidos em naufrágio no Amazonas

Entre os desaparecidos estão quatro mulheres e duas crianças; sobrevivente fala em sobrecarga no barco

Solange Spigliatti, Central de Notícias

06 de abril de 2009 | 08h57

Os bombeiros retomaram na manhã desta segunda-feira, 6, as buscas a seis pessoas desaparecidas após um naufrágio ocorrido na madrugada do domingo no Rio Amazonas, próximo à cidade de Itacoatiara, no Amazonas. Entre os desaparecidos estão quatro mulheres e duas crianças, segundo os bombeiros.

 

Veja também:

link Sobrevivente fala em sobrecarga

 

A embarcação Dona Zilda, de 18 toneladas, seguia do Rio Curupiara para Itacoatiara com 47 pessoas a bordo quando bateu em um barranco, tombou e acabou afundando em seguida, por volta das 3 horas, no rio que tem uma profundidade de 25 a 30 metros.

Segundo os bombeiros, o barco, de 14 metros por 7, ainda não foi localizado. Os bombeiros acreditam que a embarcação tenha sido levada pela forte correnteza que existe na região.

 

De acordo com os bombeiros, a capacidade da embarcação era de 38 pessoas - 35 passageiros e três tripulantes. Outras 41 pessoas conseguiram se salvar.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágioAMbuscas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.