Retomadas buscas às vítimas de naufrágio no AM

Até o início da manhã desta sexta-feira, 13 pessoas morreram e 92 foram resgatadas com vida

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

22 Fevereiro 2008 | 08h56

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Capitania Fluvial da Amazônia, com a ajuda de mergulhadores da Marinha, retomaram na manhã desta sexta-feira, 22, as buscas às vítimas do naufrágio ocorrido na quinta-feira, 21, no rio Amazonas. Desde o início das buscas, 13 pessoas morreram e 92 foram resgatadas com vida. Segundo o Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, por conta da indefinição do número de passageiros no barco, eles trabalham com duas hipóteses. Uma delas seria com uma lista de passageiros com 105 pessoas no barco, o que daria fim às buscas, e outro com uma lista de 111 pessoas, já que muitos nomes de familiares de resgatados não estariam registrados. Os trabalhos foram retomados com a segunda hipótese, o que faria com que seis pessoas ainda estivessem desaparecidas, segundo os bombeiros. O barco Almirante Monteiro afundou após colidir com uma balsa no rio Amazonas, próximo a Itacoatiara.

Mais conteúdo sobre:
Amazonasnaufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.