Retórica da Coreia do Norte é 'evidentemente inútil'--EUA

O comunicado da Coreia do Norte de que estaria rasgando todos os acordos assinados com a Coreia do Sul é inútil, disse o Departamento de Estado dos Estados Unidos nesta sexta-feira. "Este tipo de retórica é evidentemente inútil mas não irá nos deter em continuar nossos esforços em chegarmos à desnuclearização da península coreana através dos princípios dos seis países", o porta-voz do Departamento de Estado Robert Wood disse a repórteres, referindo-se às conversas multilaterais nas quais o norte, em 2005, concordou em abrir mão de seus programas nucleares. "Não há maneira de melhorar (as relações) ou desejar que elas retornem ao caminho certo", disse o Comitê para a Reunificação Pacífica da Coreia, segundo a agência de notícias norte-coreana KCNA. "O confronto entre o norte e o sul nos campos político e militar foi colocado no extremo em que a relação inter-coreana chegou perto da guerra", adicionou o órgão. Wood repetiu a posição da Secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, de que as conversas dos seis países -- as duas Coreias, China, Japão, Rússia e os Estados Unidos -- foram proveitosas e disse que ela trabalharia com líderes regionais na questão. "A Coreia do Norte é uma prioridade para nós", disse Wood. "Nós estamos analisando vários aspectos da nossa política e quando ela estiver revisada nós teremos mais a dizer da maneira de se agir."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.