Ribeirão Preto retoma exames para CNH na segunda-feira

Por conta da greve dos policiais, serviço estava suspenso na cidade; 4 mil alunos esperam para fazer teste

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2008 | 16h20

Os exames práticos para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), suspensos desde o início da greve da Polícia Civil em Ribeirão Preto, voltarão a ser realizados a partir de segunda-feira, 13. Serão feitos 200 exames/dia (o normal seriam 250/dia), pelo acordo feito entre Associação dos Proprietários de Auto-Escolas de Ribeirão Preto (Apaerp), 15ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) e Delegacia Seccional.   Veja também: Governo de SP propõe antecipar reajustes para policias civis Ouça o hino da greve dos policiais civis Entrevista exclusiva com José Serra  Galeria de fotos do conflito no Morumbi Policiais civis e militares entram em confronto em SP; assista   Todas as notícias sobre a greve         O presidente da Apaerp, Antonio Geraldo, diz que existem 4 mil alunos esperando esses exames práticos desde o início da greve. Devido à paralisação, Geraldo estima que entre 5% e 7% dos cerca de 500 instrutores foram demitidos pelas auto-escolas. "Pedimos socorro e fomos atendidos", comemora Geraldo, preocupado com a demora no fim da greve dos policiais civis. As 72 auto-escolas da cidade tiveram dificuldades nesse período.   Ele calcula ainda que existem 3 mil pré-cadastros (foram liberados 100/dia) e outros 3 mil de exames teóricos (outros 100/dia liberados) atrasados. "Para normalizar tudo, talvez só em março ou depois", comenta Geraldo. "E normalizando a situação, as auto-escolas voltam a contratar os instrutores." Os exames práticos para as categorias A e B serão feitos de segunda a quinta-feira. Os das categorias C, D e E ocorrerão às sextas-feiras.   Em outubro, a Apaerp entregou queixa formal ao Ministério Público Estadual (MPE), devido à greve que estaria prejudicando as auto-escolas. Por isso, o acordo para a volta dos exames, ainda que parcialmente, foi fechado na quarta-feira, 5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.