Rice tenta resgatar processo de paz no Oriente Médio

Em visita a Israel, secretária tem encontro com autoridades israelenses e palestinas.

Da BBC Brasil, BBC

03 de maio de 2008 | 14h20

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, chega este sábado ao Oriente Médio em uma nova tentativa de impulsionar o processo de paz entre israelenses e palestinos.Rice tem encontros marcados com o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e o presidente palestino, Mahmoud Abbas.Nenhum grande anúncio é esperado durante a visita, que tem o objetivo de preparar terreno para a viagem do presidente George W. Bush à região no mês que vem, afirma o correspondente da BBC Kim Ghattas.A Casa Branca espera conseguir que palestinos e israelenses cheguem a um acordo antes que Bush deixe a presidência, em nove meses.A secretária americana chega na noite deste sábado a Israel, onde encontra-se com o premiê Olmert, em Jerusalém. No domingo, Rice tem uma reunião marcada com Abbas em Ramallah, na Cisjordânia.Durante a passagem pela região, Rice ainda se encontrará com autoridades israelenses e palestinas, entre elas o ministro da Defesa israelense, Ehud Barak, e o primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad. ComprometimentoA secretária de Estado disse que os encontros são "muito úteis" para tentar identificar áreas de convergência entre os dois lados.Ainda de acordo com o negociador palestino Saeb Erekat, Olmert e Abbas devem manter encontros bilaterais após a visita da secretária. Após meses de negociações, ainda não há evidências de progressos na região, que assiste à deterioração econômica crescente dos palestinos da Faixa de Gaza, diz o correspondente da BBC. Durante um encontro do Quarteto (Estados Unidos, Rússia, ONU e União Européia) na sexta-feira, Rice pediu aos doadores internacionais e aos países árabes que cumpram com suas obrigações com os palestinos.O Quarteto ainda pediu aos israelenses que contenham o avanço dos assentamentos e aos palestinos que cessem os ataques militantes contra Israel, enfatizando que ambas as partes devem se comprometer pela paz.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.