Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Richa diz que mobilização é alerta' aos políticos

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), mostrou-se surpreso com as manifestações que tomaram conta do País. "É uma mobilização surpreendente, um grande alerta para a classe política entender o recado", disse Richa.

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

18 de junho de 2013 | 20h08

Na noite de segunda-feira, depois de uma passeata pacífica que, segundo o governador, reuniu 12 mil pessoas, um pequeno grupo derrubou o portão e pichou os muros do Palácio Iguaçu, sede do governo. Entre os manifestantes presos, estava o estudante Yuri Sfair, enteado do deputado Ângelo Vanhoni, do PT paranaense. Vanhoni protestou contra a prisão e disse que o rapaz protestava com os demais manifestantes.

Richa evitou comentar o caso específico de Yuri, mas disse não ter dúvidas de que uma pequena parte dos manifestantes é formada por "infiltrados com motivação política, para causar desgaste para os governantes". O governador tucano elogia a "maioria ordeira". "Repudiamos os excessos, o quebra-quebra, mas as manifestações são muito legítimas. É uma insatisfação que vem se acumulando. A intenção é a melhor possível. Houve manifestantes que limparam as paredes do palácio que ficaram pichadas", diz o governador tucano.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosParanáBeto Richa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.