Rio ainda tem duas mil casas em área de risco

Chuvas dos últimos dias afetaram mais de 394 mil pessoas e deixaram três mortos

Solange Spigliatti, Agência Estado

02 Dezembro 2008 | 11h19

Pelo menos duas mil casas permanecem em áreas de risco de deslizamento em Campos de Goytacazes, no Rio, segundo informações da Defesa Civil do Estado. As chuvas dos últimos dias no Estado afetaram mais de 394 mil pessoas, deixando três mortos, um em Volta Redonda e dois em Rio Bonito. Os municípios de Carapebus (Norte), Silva Jardim (Litorânea), Paracambi (Baixada Fluminense), Barra do Piraí (Centro-Sul) e Rio Bonito continuam em situação de emergência. Levantamento feito na manhã de hoje mostra que o número de desalojados em função das chuvas se mantém desde ontem em 7.300. O total de desabrigados também permanece o mesmo: 2.713. A maioria das vítimas é moradora da cidade de Campos de Goytacazes, castigada pelas chuvas do final de semana, que resultaram na elevação das águas do rio Ururaí.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Rio de Janeiro Defesa Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.