Rio anuncia implosão do Elevado da Perimetral

A prefeitura do Rio anunciou nesta quarta-feira, 23, que o Elevado da Perimetral - importante via de acesso da zona norte e Ponte Rio-Niterói ao centro da capital fluminense - será fechado, definitivamente, no dia 2. No dia 17, a estrutura deverá ser implodida, de acordo com o cronograma apresentado pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB).

ADRIANO BARCELOS, Agência Estado

23 Outubro 2013 | 19h14

Desde o sábado, 19, a prefeitura faz testes e fecha, temporariamente, o trecho do Perimetral entre o Viaduto do Gasômetro e a Praça Mauá. O objetivo é verificar o funcionamento na nova Via Binário do Porto, construída para reduzir o impacto do fechamento do elevado enquanto as obras da Via Expressa - a ser inaugurada no fim de 2015 ou início de 2016 - não são concluídas.

"É pateticamente ruim o acesso ao centro do Rio e sabemos que a solução não está mais na operação de trânsito. Queremos uma solução definitiva para o problema", disse Paes. O elevado fica na região portuária, um dos pontos mais caóticos do trânsito no centro da capital. A administração municipal pretendia fechá-lo antes, mas o Ministério Público (MP) pediu esclarecimentos sobre o plano alternativo ao Perimetral para evitar prejuízos maiores à população. De acordo com o prefeito do Rio, os dados foram encaminhados.

"A atitude do Ministério Público foi correta. Essa é uma negociação de seis meses e não há oposição do MP à derrubada do Perimetral. Há preocupação em diminuir os impactos que o fechamento pode ocasionar", afirmou. O Poder Executivo municipal ainda não definiu como se dará a implosão. Não se sabe qual área será isolada por segurança nem a quantidade de explosivos necessários para pôr a estrutura abaixo.

Antes do fechamento, marcado para o dia 2, o trecho do Elevado da Perimetral ficará interrompido nesta quinta-feira, 24, do meio-dia às 15 horas, e no fim de semana em horário diferenciado, entre as 14 e 17 horas. Segundo Paes, há a preocupação em não causar transtorno para os candidatos que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no sábado e domingo, 27.

O prefeito do Rio pediu ainda a colaboração da população da cidade e do Grande Rio que circula pelo trânsito carioca para que o número de carros nas ruas seja reduzido na região durante as obras. Paes descartou soluções como uma faixa de tráfego especial para carros com mais passageiros, usada em municípios como São Paulo, mas defendeu a "carona solidária" como alternativa.

Mais conteúdo sobre:
Elevado da Perimetral Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.