Rio é condenado a pagar R$ 20 mil por troca de corpos

O Município do Rio de Janeiro foi condenado pela Justiça fluminense a pagar R$ 20 mil de indenização a Paulo César do Nascimento depois que o corpo de seu pai foi trocado por funcionários do Hospital do Andaraí e levado para o Instituto Médico Legal. Paulo César contou que seu pai, Pedro do Nascimento Filho, foi internado no Hospital do Andaraí, na zona norte da cidade, no dia 5 de setembro de 2004. Ele era diabético e morreu no mesmo mês em que chegou ao hospital. Segundo ele, no mesmo dia, Pedro Gonçalves Filho, vítima de queda de um edifício, também veio a óbito.

AE, Agencia Estado

28 Agosto 2009 | 20h53

Devido à similaridade dos nomes, os funcionários do hospital trocaram os corpos e encaminharam o de Pedro do Nascimento Filho ao IML para a realização de necropsia, ao invés do outro. Paulo César disse à Justiça que somente na hora do sepultamento é que tomou conhecimento que a pessoa que estava prestes a ser enterrada não era seu pai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.