Rio enviará equipamentos médicos para Santa Maria

O governo do Rio de Janeiro vai enviar nesta segunda-feira para Santa Maria, no Rio Grande do Sul, 15 ventiladores mecânicos para atender os pacientes vítimas do incêndio na Boate Kiss, ocorrida na madrugada de domingo (27). O equipamento é usado em casos em que o organismo não consegue manter o ciclo respiratório. Médicos e enfermeiros do Rio também foram mobilizados para ajudar os colegas no Rio Grande do Sul.

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2013 | 14h09

De acordo com o governo gaúcho, 231 pessoas morreram no incêndio e pelo menos 113 ficaram feridas. Já foram realizadas quase 30 transferências para a capital, Porto Alegre. Em Santa Maria, ainda há aproximadamente 80 pessoas internadas, 42 em estado grave.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, prevê que algumas pessoas podem ter a situação agravada por pneumonites químicas dentro de mais dois dias, pois a fumaça tóxica pode provocar reações tardias. As autoridades pedem que pessoas que estavam no incêndio procurem atendimento imediato caso passem mal. As informações são da Agência Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.