Rio pede pediatras de outros Estados para deter dengue

O Estado do Rio solicitou a ajuda de profissionais de outros Estados para reforçar o atendimento de crianças com dengue na capital fluminense. Para tanto, o secretário Estadual da Saúde, Sérgio Côrtes, pediu hoje o auxílio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde para que pediatras de outros Estados sejam convocados para trabalhar, temporariamente, no Rio de Janeiro.Segundo informações do Estado, a Secretaria de Saúde vai arcar com as despesas de transporte e hospedagem dos médicos, além de pagar pelos plantões realizados. A Secretaria ainda não tem informações de quantos profissionais serão necessários para atender à grande demanda, em razão da epidemia de dengue enfrentada pelo Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.