Rio tem primeira morte por gripe suína, a 6ª no Brasil

A Secretaria Municipal da Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje a primeira morte por gripe suína no Estado, elevando para seis o total de óbitos no País em decorrência de infecção causada pelo vírus A (H1N1). A vítima é uma mulher de 37 anos. A notícia da morte também foi confirmada pelo Gabinete Integrado de Emergência para a Gripe A no Estado do Rio de Janeiro, em comunicado divulgado por meio do site da Prefeitura do Rio.

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

16 Julho 2009 | 16h01

A mulher deu entrada em um Posto de Atendimento Médico (PAM) no dia 3 de julho, mas foi liberada para casa. Dois dias depois, foi internada novamente em um hospital particular, onde faleceu uma semana depois. A morte não foi divulgada antes porque os exames que confirmaram a gripe suína só ficaram prontos hoje. Segundo o último boletim do Ministério da Saúde, divulgado ontem, 1.175 casos da doença foram confirmados no Brasil. Um total de 148 pessoas foram infectadas pelo vírus H1N1 desde a última sexta-feira.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína morte RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.