Rio terá feriadão de cinco dias durante Rio+20

Os vereadores do Rio aprovaram nesta quinta-feira projeto de lei do Executivo que declara feriado escolar nos três dias da reunião de cúpula da Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. O primeiro dia (20 de junho) é uma quarta-feira, portanto haverá um feriadão de cinco dias na cidade.

AE, Agência Estado

17 Maio 2012 | 21h00

A decisão já era esperada. Havia sido proposta no fim de abril pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB), após um pedido do governo federal, responsável pela organização da Rio+20. Na justificativa do projeto, a prefeitura afirmou que seria "necessário reduzir o fluxo de veículos na cidade no período para minimizar os transtornos para a população e garantir a segurança e o sucesso do evento".

Não haverá aula em todos os estabelecimentos educacionais, incluindo os de educação infantil e de ensinos fundamental, médio, técnico ou superior, bem como as creches e as escolas e cursos, de qualquer nível ou natureza, reconhecidos ou não, durante a realização da Rio+20. O texto seguirá para sanção de Paes.

Mais conteúdo sobre:
Rio+20 feriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.