Rio Tinto busca expandir planos para minério de ferro

A Rio Tinto recomeçou planos de aumentar sustentavelmente a produção de minério de ferro nos próximos anos, dizendo que sua produção mundial total pode alcançar 450 milhões de toneladas em 2016.

REUTERS

24 Maio 2012 | 07h56

A segunda maior produtora de minério de ferro do mundo já está comprometida a elevar a capacidade produtiva em suas minas de Pilbara, na Austrália, em 23 por cento, totalizando 283 milhões de toneladas, com uma proposta perante o conselho da mineradora de aumentar esse número para 353 milhões de toneladas até o primeiro semestre de 2015.

"Sob as estimativas atuais, temos opções de expandir para uma capacidade global anual aproximada de 450 milhões de toneladas em 2016, quando o Canadá e nosso novo projeto em Guiné forem acrescentados", afirmou o chefe da divisão de minério de ferro, Sam Walsh, em Sydney nesta quinta-feira.

A Rio Tinto, junto com outros grandes mineradoras diversificadas, incluindo BHP Billiton, Vale e AngloAmerican, está encorpando suas divisões de minério de ferro mesmo quando a grande consumidora China tem desaceleração em seu crescimento e levanta dúvidas sobre a demanda para o segmento.

(Por James Regan)

Mais conteúdo sobre:
MINERACAO RIOTINTO FERRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.