Risco de navio vazar óleo une Marinha, Inea e Transpetro

A Marinha informou que um navio abandonado na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, apresenta risco de vazar óleo combustível e pediu, junto ao Instituto Estadual do Ambiente do Rio (Inea), ajuda à Transpetro para evitar que a embarcação, batizada de Angra Star, cause um acidente ambiental.

SABRINA VALLE, Agência Estado

17 de setembro de 2013 | 18h01

"A Transpetro, respeitando a sua tradição de empresa socialmente responsável e comprometida com a preservação do meio ambiente, prontamente aceitou o pedido de ajuda das duas instituições", informou a Transpetro, em nota, nesta terça-feira, 17.

Mais conteúdo sobre:
ambienteBaía da Guanabara

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.