RJ terá de pagar tratamento de grávida que perdeu bebê

O município do Rio de Janeiro terá de pagar R$ 900 por mês para ajudar nos tratamentos pós-operatórios de Manuela Costa, de 29 anos, que perdeu seu bebê por não ter tido atendimento adequado no Hospital Miguel Couto. O medico do hospital apenas rabiscou em seu braço o nome da maternidade que deveria procurar e os ônibus que precisaria pegar.

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

31 Julho 2009 | 17h46

De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a decisão da juíza Cristiana Aparecida de Souza Santos, da 8ª Vara da Fazenda, é uma antecipação da tutela e o valor deverá ser pago durante o período que for necessário para a completa recuperação de Manuela, que, por sua vez, deverá comprovar nos autos todas as despesas realizadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.