Roche corta 1.000 empregos com fechamento de fábrica nos EUA

A Roche planeja cortar 1 mil postos de trabalho com o fechamento da fábrica de Nutley, Estado norte-americano de Nova Jersey, na tentativa de reduzir custos de desenvolvimento de medicamentos.

REUTERS

26 de junho de 2012 | 14h26

"O total de programas em desenvolvimento aumentou substancialmente", disse o presidente-executivo da farmacêutica suíça, Severin Schwan, em comunicado nesta terça-feira.

"A consolidação planejada da nossa organização de pesquisa e desenvolvimento e a recentralização dessas atividades na Suíça e Alemanha vão liberar recursos que poderemos investir nesses promissores programas clínicos enquanto também aumentaremos nossa eficiência geral", acrescentou.

A decisão permitirá à Roche manter os custos de pesquisa e desenvolvimento praticamente sem alterações, apesar do aumento dos projetos nos últimos 18 meses, segundo o presidente da farmacêutica, que reforçou as metas financeiras para 2012.

Como parte dessas mudanças, o chefe de pesquisas, Jean-Jacques Garaud, sairá da Roche nesta semana e dará lugar ao responsável pelos medicamentos contra câncer, Mike Burgess.

(Por Katharina Bart)

Tudo o que sabemos sobre:
SADEROCHEEUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.