Roche facilitará acesso de países em desenvolvimento ao Tamiflu

O laboratório suíço Roche lançou um programa para facilitar o acesso de países em desenvolvimento ao medicamento antiviral Tamiflu, informou a empresa nesta quarta-feira.

REUTERS

01 Julho 2009 | 08h34

O programa garantirá que o Tamiflu (oseltamivir) esteja disponível para vários países caso a Organização Mundial da Saúde (OMS) declare uma epidemia de gripe, ou se a OMS avaliar que uma epidemia é iminente, disse a empresa.

Sob o programa, que terá efeito imediato, a Roche vai produzir e armazenar um estoque de Tamiflu para países em desenvolvimento específicos a um preço bastante reduzido, com o custo dividido por vários anos.

A Roche então vai enviar esses estoques aos governos dos países afetados quando uma pandemia por anunciada, ou em casos de emergência sanitária, a pedido dos governos afetados.

Os países podem exercer a opção de compra dos medicamentos a qualquer momento, disse a Roche.

A OMS declarou no mês passado uma pandemia de gripe em decorrência do vírus H1N1, conhecido como gripe suína, que tem sido tratado com o Tamiflu.

(Reportagem de Sven Egenter)

Mais conteúdo sobre:
GRIPE ROCHE TAMIFLU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.