Rock in Rio tem 300 ocorrências policiais em três dias

Durante os três primeiros dias do Rock in Rio (sexta, sábado e domingo) foram registradas 300 ocorrências policiais. A grande maioria (84,6%) se referia a furtos: houve 254 nesse período dentro ou nas imediações da Cidade do Rock, na zona oeste do Rio. Também foram registrados 10 roubos e 9 extravios de documentos. Uma pessoa foi presa em flagrante por furto, seis foram autuadas por lesão corporal e quatro por desacato.

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

16 de setembro de 2013 | 18h26

A Polícia Civil mobilizou 910 agentes para atuar durante os sete dias do Rock in Rio. Foi montada uma Delegacia Móvel no Riocentro, recinto de exposições vizinho à Cidade do Rock. Doze postos de atendimento estão funcionando fora da Cidade do Rock e mais três na parte interna. Os registros de crimes podem ser feitos nessas unidades ou em qualquer outra delegacia.

Nos três primeiros dias houve quedas de energia e falhas na conexão de internet, o que tornou mais demorada a confecção dos boletins de ocorrência na Delegacia Móvel.

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) divulgou que entre sexta e domingo foram recolhidas 30 toneladas de lixo dentro e no entorno da Cidade do Rock. Na sexta foram 11,6 toneladas, no sábado 9,9 toneladas e no domingo, 8,5 toneladas de resíduos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.