Epitácio Pessoa/AE
Epitácio Pessoa/AE

Rodízio de nova geração

O NB Steak House abriu na quarta-feira da semana passada. No sábado, registrou espera de uma hora no almoço. No domingo, os clientes tiveram de aguardar uma hora e meia para poder ocupar um dos 210 lugares do salão.

Patrícia Ferraz, O Estado de S.Paulo

29 Agosto 2013 | 02h19

A casa, no Campo Belo, inaugura um novo conceito criado pelo gaúcho Arri Coser - o fundador do Fogo de Chão, que começou como garçom de churrascaria e, com o irmão e dois sócios, construiu um império de 23 restaurantes no Brasil e Estados Unidos, vendido há dois anos para um fundo de investimentos por US$ 100 milhões.

A nova empreitada de Arri é um híbrido de steak house e rodízio. Steak house no clima e nos cortes, preparados na grelha. Rodízio, no serviço. O cliente paga um valor fixo (R$ 88) - os grelhados são oferecidos à mesa, em travessas de louça branca e cortados no tamanho que o cliente quiser. "A ideia é que a carne não esfrie no prato", diz Arri Coser. Há duas opções no espeto, picanha e fraldinha.

O trio de acompanhamentos é fixo, tem legumes defumados e assados, tempurá de legumes, polenta frita. O cliente escolhe as saladas entre cinco opções no cardápio. A cozinha está sob o comando de Pascal Valero. A parceria começou graças a um encontro casual, num café paulistano. Pascal tinha deixado o Kaá duas horas antes. Arri estava prestes a colocar o novo conceito em prática, no restaurante de sua irmã caçula, o Na Brasa, em Porto Alegre. Valero passou seis meses no sul, ajudando a transformar o Na Brasa em NB Steak House.

O serviço começa com uma seleção de linguiças - são cinco tipos, incluindo uma defumada, "importada" da gaúcha Encantado. Depois, bife ancho e fraldinha. Em seguida, quatro versões de costelas - porco, premium, prime rib e o short ribe.

"Os animais são alimentados com um concentrado feito de bagaço de cana e sobras de cevada usada na produção da cerveja Cristal, durante o confinamento no Marfrig, em Boituva", conta Arri Coser.

A degustação inclui ainda dois cortes de cordeiro (costeleta e paleta), que vêm do Chile e do Uruguai, galeto de primo canto e dois peixes grelhados. Entre as sobremesas, os churros assados (foto).

Arri Coser tirou um ano e meio de férias assim que vendeu o Fogo de Chão. E nos intervalos entre as viagens com a família foi desenvolvendo o conceito. "Ficava pensando em tudo que poderia fazer para aprimorar um restaurante de carne", diz. Revisou processos e criou um modelo de custos reduzidos. Vai multiplicar as casas. A próxima abre no ano que vem, na Faria Lima.

NB Steak

Av. Vereador José Diniz, 3.864, Campo Belo, 5093-6006. 12h/16h e 18h/23h30 (sáb., 12h/23h30 e dom., 12h/22h).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.