Rodovia Anchieta é totalmente liberada após acidentes

Movimento deve ficar mais intenso no retorno do paulistano à capital paulista no período da tarde

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

20 de novembro de 2007 | 11h02

A pista norte da rodovia Anchieta foi totalmente liberada, após ficar interditada por conta de uma colisão entre duas carretas no início da manhã desta terça-feira, 20. As carretas ocupavam as faixas de rolamento, na altura do km 43, e bloqueavam a rodovia entre os quilômetros 40 e 55. O acidente não deixou vítimas, no entanto, a pista teve que ser bloqueada para a retirada dos veículos.    Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares  Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes  Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral Com a reabertura da pista, o Sistema Anchieta-Imigrantes voltará a operar no esquema 5x5, com descida pela pista sul da via Anchieta e pista sul da rodovia dos Imigrantes e subida pelas pistas norte das duas rodovias. Não havia registro de lentidão ou congestionamento e a visibilidade era total.   A previsão era a de que após o meio-dia, principalmente no fim da tarde, o número de veículos aumente nas rodovias federais e nas estaduais, segundo informações da polícia rodoviária.   A expectativa é de que, mesmo com o aumento de veículos trafegando pelas estradas, não ocorra nenhum congestionamento, já que a maioria dos motoristas que partiram de São Paulo no início do feriado prolongado, já retornaram à capital.   Na rodovia Presidente Dutra, a previsão da concessionária NovaDutra é que cerca de 6.500 carros passem por hora pela via, a partir das 16 horas, mas os motoristas não deverão encontrar lentidão em nenhum trecho da estrada durante esta terça-feira. O mesmo deverá acontecer nos sistemas Castelo-Branco/Raposo Tavares e Anhangüera-Bandeirantes, que também apresentavam movimento tranqüilo nesta manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.