Rodovias paulistas registram 34 mortes durante o feriado

Trinta e quatro pessoas morreram nas rodovias do Estado de São Paulo durante o feriado prolongado do Dia do Trabalho, de acordo com o resultado da Operação Dia do Trabalho da Polícia Rodoviária Estadual.

AE, Agência Estado

02 Maio 2012 | 12h25

Foram 1.215 acidentes computados ao longo dos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais. Número que, se comparado ao feriado prolongado da Semana Santa, sofreu redução de 21%, segundo a Polícia Rodoviária do Estado. O número de feridos também diminuiu de 774 para 567. O número de vítimas fatais também caiu de 41, para 34, de uma operação para outra, concretizando redução de 17%.

Do total de vítimas fatais, segundo agentes da polícia, 38,2% das mortes decorreram de acidentes do tipo colisão frontal e atropelamentos, cujo comportamento imprudente de alguns condutores e a falta de adoção de ações seguras por parte dos pedestres, resultaram nessas fatalidades. Outros 14,7% das mortes decorreram de acidentes do tipo choque, no qual o veículo colide com obstáculo parado.

Mais conteúdo sobre:
estradas feriado acidentes SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.